Clima, Juventude e Política, Rede Engaja Alerta Ativismo! “Missão (im)Possível” para Kátia Abreu na COP26

9 de November de 2021

Compartilhar

Hoje, dia 09 de novembro, enquanto a delegação brasileira do Engajamundo encontrava na COP26 a Senadora Kátia Abreu, presente em Glasgow a serviço da agenda da delegação oficial do governo brasileiro, foi necessário marcar o momento com um “presente”, com uma mensagem muito nítida. As juventudes tem uma missão para ela, jus a quem diz estar ao lado das florestas.

A senadora estava acompanhando o painel de abertura do Dia da Indústria, no pavilhão oficial do governo brasileiro no evento que contou com a presença do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, do Presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga, do Vice-presidente da Câmara dos Deputados, deputado Marcelo Ramos e o atual Ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite. 

Após esse momento, entregamos para a Senadora Kátia Abreu uma caixa preta, mas diferentes dos filmes de espiões, entregamos uma “Missão (im)Possível”. A missão possível (e necessária) é barrar o Projeto de Lei 2.159/2021 que ela é relatora, e o qual não teve diálogo com a sociedade civil, sendo considerado por cientistas e especialistas como um extremo retrocesso.

Uma das jovens indígenas da delegação que entregou a caixa, conversou brevemente com ela sobre as implicações do PL na vida dos povos indígenas brasileiros. O objetivo da ação dos jovens foi chamar a atenção da senadora sobre as implicações negativas de sua aprovação da maneira que está.

Mas o que é a PL 2.159/2021?

O Projeto de Lei em questão, o PL 2.159/2021, conhecido como o “PL da Boiada” ou o “pai de todas as boiadas”, na prática, se for aprovado vai acabar com o principal instrumento de proteção ambiental da sociedade brasileira: o licenciamento ambiental. Como relatora do PL nº 2.159/2021, a Senadora Kátia Abreu é a principal responsável pelo texto que será votado no Senado sobre a Lei Geral do Licenciamento, o que provavelmente deverá acontecer logo após o encerramento da COP26. Seu relatório, então, tem importância fundamental porque será a base das votações que ocorrerão, primeiro, nas comissões de Meio Ambiente e Agricultura e, depois, no plenário. As principais decisões políticas no Senado (sobre o texto) serão dela.

Senadora Kátia Abreu rejeita a missão que lhe foi entregue, mas paradoxalmente, diz que nada será feito contra Amazônia

OBS: No vídeo da ação, a senadora Kátia Abreu após a foto feita com a entrega da caixa preta, ela fecha a caixa e deixa de volta nas mãos da delegada do Engaja que participou da ação, consideramos que isso sinaliza a postura dela sobre o pedido que fizemos – de aceitar a missão dada pela juventude brasileira, de barrar o PL 2.159/2021 o qual ela é a relatora.


Search